9 coisas que você não deve proibir ao seu filho

De acordo com psicólogos, as crianças se sentem mais seguras e tranquilas quando os pais impõem limites. No entanto, há algumas proibições, que acabam comprometendo o desenvolvimento dos pequenos, que se tornam inseguros de si mesmos.
Resolvi compartilhar algumas coisas que você deve permitir que seus filhos façam. No futuro, eles irão agradecer.

1. Fazer perguntas

Ao crescer, a criança explora o mundo. Naturalmente, muitas perguntas surgirão em sua mente. E é claro que os pais podem achar difícil encontrar tempo para os filhos após um dia longo no trabalho. Mas quando passamos alguns momentos com os pequenos, respondendo às suas perguntas, lendo e brincando com eles, não apenas ajudamos em seu desenvolvimento, como também criamos um vínculo forte, fazendo com que a relação entre pais e filhos se mantenha saudável até com o passar de muitos anos.

2. Chorar

Crianças pequenas se impressionam com tudo o que acontece ao seu redor. Ficar triste é algo normal para todos, inclusive para as crianças. Não as proíba de chorar, e não se envergonhe por isso. Em vez disso, tente resolver a situação: entenda porque seu filho chora e tente resolver aquilo que o incomoda.

3. Ser um tanto egoísta

Seu filho tem todo o direito de dispôr das próprias coisas da mesma forma como os adultos o fazem. Assim, não chame seu filho de egoísta. Também evite dizer coisas como: "Veja só, todo mundo está reclamando por você ser tão egoísta".

                                4. Dizer "não"
Seu filho não é um súdito, é um membro da família que tem seus direitos. Proibir que ele diga "não" significa romper seus limites. Pense numa forma de chegar a um acordo ou explique ao pequeno porque nem sempre ele pode fazer o que quer.

5. Fazer barulho

Não proíba que seus filhos curtam a infância: deixe que cantem alta e façam barulho na rua. Esta fase da vida nunca se repetirá.

6. Sentir medo

As crianças pequenas podem sentir medo de ir ao médico ou tomar uma injeção, isso é algo totalmente normal nesta idade. Em vez de fazer seu filho sentir vergonha dos próprios medos, explique a ele que não há razão para ficar amedrontado: segure-o pela mão e abrace-o para que ele saiba que você está ao seu lado.

7. Ter segredos

Conforme as crianças vão crescendo, precisam de mais espaço pessoal. Claro que os pais devem acompanhar a vida dos filhos, mas também respeitar sua privacidade. Afinal, a confiança por parte do seu filho é algo que não tem preço, e você não deve colocá-lo em risco tentando descobrir seus segredos.

                                     8. Sentir certa irritação e inveja
Uma criança é uma pessoa como qualquer outra, e tem direito a sentir emoções negativas: irritação, inveja, etc. Os pais devem lembrar que a força de vontade ainda não está totalmente desenvolvida nesta idade, por isso é mais difícil para a criança se controlar. Se uma de suas emoções parece "ruim", não quer dizer que a criança não deva demonstrá-la.

9. Cometer erros

Todos nós temos medo de cometer erros, mais ainda quando há alguém nos apressando a fazer determinada coisa. O mesmo acontece com as crianças: quando um adulto apressa ou reclama por a criança ter, por exemplo, abotoado equivocadamente a própria roupa, não é de surpreender que o pequeno perca toda a vontade de fazer algo por conta própria. Ele sentirá medo de virar alvo de reclamações novamente.





Caipirinha de Caju


Ingredientes:
-1 caju
-2 fatias de limão
-2 colheres de açúcar
-50 ml de cachaça
Modo de preparo:
Corte meio caju em pedaços e, em um copo, macere junto ao limão e o açúcar. Complete com gelo picado e acrescente a bebida. Mexa com uma colher. Corte a outra metade do caju em 4 fatias finas e decore por dentro em volta do copo.

Imigração para entrar no Canada - Toronto, Montreal, Vancouver, etc...



A Imigração do Canada é um dos temas importantes da sua viagem. Passar pela imigração para entrar no Canada, é uma das maiores preocupações de quem vai para Toronto, Vancouver, Montreal e qualquer outro lugar do Canada. 

Como passar pela imigração? O que falar na hora da imigração? Devo sorrir quando passar pela imigração? Vou ser deportado e não entrar nos Canada? Se você já se fez essas perguntas, fique tranquilo, pois é uma preocupação de todos os viajantes que querem viajar e entrar no tão desejado país que é um dos destino mais procurado por pessoas de todo o mundo.

Quem deve passar pela imigração no Canada?
A primeira pergunta de quem viaja para o Canada é: Será que eu tenho mesmo que passar pela imigração? Sim, todas as pessoas que entram no Canada são obrigadas a passar pelo processo de imigração Canadense. Ao descer do avião, é só seguir o único caminho possível ou seguir o fluxo de pessoas, que todas estarão indo para lá. Terá também várias placas e agentes do aeroporto informando, então fique tranquilo que você chegará lá.

O que fazer quando chegar na imigração Canadense?
Chegando na imigração, você vai ver um salão com vários guichês e várias filas. Todas as pessoas que chegaram de voos internacionais estão lá, então quanto antes você chegar, mais passará na frente das pessoas que estavam no seu avião, então uma dica é não enrolar e ir rápido para lá. Chegando na fila da imigração, fique tranquilo, relaxa e já fique com o formulário e o seu passaporte nas mãos. Se estiver em muitas pessoas, evite fazer bagunça, falar alto ou chamar a atenção dos agentes e oficiais.



A imigração Canadense não permite que mais de uma pessoa passe junto pela imigração, a não ser que sejam da mesma família. Se estiver lá com namorado ou amigo, cada um vai sozinho pelo oficial. Se estiver em família com os filhos, pais e primos podem passar juntos sem problemas.

Na hora da conversa com o oficial de imigração, o que eu devo falar?
Fique tranquilo, pois ao contrário do que muitos falam, a conversa é super rápida e tranquila. Geralmente não demora mais de 3 minutos, até porque tem uma fila enorme esperando para entrar no Canada. O oficial geralmente falará inglês, mas muitos deles também falam francês e espanhol. Eles estão acostumados com turistas que não sabem falar nada de inglês, então não se preocupe se esse for seu caso. Tem tradutores de plantão por lá, e se for preciso eles chamarão um.

As perguntas feitas na imigração Canadense geralmente são: Qual sua profissão? O que está fazendo aqui? Quais cidades vai visitar? Quando de dinheiro você está trazendo para a viagem? Tem algum amigo aqui nos Canada? Onde ficará hospedado? Geralmente, são umas 2 perguntas dessa para cada pessoa. Na hora da  conversa, é bom levar com você a passagem de volta impressa e a reserva no hotel, pois podem ser perguntas que ele fará e pedirá uma comprovação. Mas não entregue nada se o oficial não pedir, fique calmo e espere.


Depois de fazer as perguntas, o oficial vai ver está tudo certo com suas malas pelo sistema. Após tudo isso, finalmente ele carimbará o seu passaporte e você estará livre para entrar nos Canada e curtir sua viagem. Se isso infelizmente não acontecer e oficial chegar a desconfiar de algo, fique calmo pois você será levado para uma salinha onde terão outros estrangeiros lá e passará por uma conversa mais longa com oficiais de imigração Canadense. Eles vão tentar entender melhor o motivo da sua viagem e se você convencer que está tudo certo, será liberado, se não será deportado de volta para o Brasil no primeiro vôo. O que é muito raro de acontecer.







Boa Sorte