Pense duas vezes antes de tirar a cuticula


Shutterstock /
BELEZA
Barreiras naturais do corpo, as cutículas deveriam
ser sempre mantidas ao fazer as unhas
A brasileira adora manter as unhas sempre bonitas. A maioria, inclusive, eliminando as cutículas. Mas, apesar de facilitar a aplicação do esmalte e a hora de limpar os cantinhos, a prática é condenada pela maioria dos dermatologistas. “Toda vez que você traumatiza um local da sua pele, como tirar totalmente a cutícula, o organismo encara como uma agressão e vai produzir mais rapidamente esta pele, deixando-a mais grossa. É um ciclo vicioso”, alerta Elso Elias, dermatologista e coordenador do curso de extensão da USP, Capacitação em Saúde para Profissionais da Área da Beleza.
Vivian Saddock, manicure do Pietra’s Nail Bar, em Curitiba, sugere às mulheres que não querem tirar a pele apenas empurrar com uma espátula, fazendo pouca pressão. “Nove de dez das clientes que atendo preferem tirar tudo. É uma tradição do nosso país, porque antigamente só assim era considerado bonito. Com o passar dos anos as pessoas viram que as unhas ficavam feias, amareladas e onduladas, porque isso machuca a matriz da unha”, conta Vivian. Feita de queratina, a cutícula é uma barreira natural do corpo. Ao mantê-la hidratada e colada à unha, ela evita a entrada de microorganismos e sujeira e possíveis inflamações. “Se a cutícula está hidratada, ela não arrepia nem precisa ser aparada. É um processo lento: precisa parar de tirar e passar óleos ou cremes diariamente, quantas vezes puder”, indica Vivian.
Cuidados
Dicas de como manter a cutícula saudável e bonita:
• Hidrate diariamente com produtos específicos ou hidratantes para as mãos.
• Acetona resseca a cutícula e agride a unha. Use um removedor de esmalte sem este produto para mantê-las hidratadas e macias.
• Explique à sua manicure como você prefere que faça suas unhas. Como o costume é tirar toda a cutícula, muitas esquecem de perguntar à cliente.
• Você pode empurrar a cutícula em vez de cortá-la totalmente. Cuide com a pressão da espátula contra a matriz da unha.
Para o dermatologista, o uso de emolientes e esfoliantes também pode ajudar. “Com esses produtos você consegue amolecê-las e afastá-las e até tirar uma pequena quantidade, mas nunca tudo”, diz Elias.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ola Amigos, deixe aqui seu comentario