Higiene Certa Para Seus Eletronicos


Aparelhos eletrônicos como teclados e computadores merecem uma limpeza caprichada para evitar o acúmulo de sujeiras, poeira e as temidas bactérias
Fazer lanches e até mesmo refeições em frente ao computador ou conectado a tablets e smartphones já se tornou uma cena muito comum nos dias de hoje. Seja no escritório, em casa, ou mesmo na rua, os maus hábitos no uso destes aparelhos, somados à falta de limpeza chegam a um resultado nada agradável: centenas de milhares de bactérias.
Algumas pesquisas científicas apontam que o teclado de um computador, por exemplo, tem um número impressionante de bactérias, comparável às bactérias presentes em notas de dinheiro ou um telefone público.


Mel Gabardo / Gazeta do Povo / Uma escova de cerdas macias, cotonetes e flanelas especiais fazem parte do material necessário para a limpeza
Uma escova de cerdas macias, cotonetes e flanelas especiais fazem parte do material necessário para a limpeza
“Quando você faz uso compartilhado de alguns aparelhos, o risco é muito maior, então a higienização deve ser reforçada”, afirma Mário René de Souza, professor de microbiologia da Universidade Tuiuti do Paraná.

Para fazer a correta limpeza dos aparelhos eletrônicos, algumas dicas e um pouco de bom senso são passos simples a serem seguidos. Quando algum alimento ou sujeira maior ou mais evidente cair sobre o teclado, monitor ou mesmo o tablet ou celular, não hesite em limpar a superfície na hora. A manutenção da higiene pode ser feita uma vez por semana ou a cada 15 dias, dependendo da frequência e do número de pessoas que utilizam os equipamentos.
As duas regras mais importantes para esse tipo de limpeza são evitar o uso de álcool, pois o produto pode danificar os componentes eletrônicos dos aparelhos e também a superfície das telas. A segunda é evitar a umidade nestes aparelhos. “Um fator que é fundamental no crescimento das bactérias é a umidade. Se for uma superfície totalmente seca, as bactérias não se proliferam, então a primeira preocupação é manter o ambiente limpo e seco, bem arejado, assim você diminui essa chance de proliferação”, explica Souza.
PASSO A PASSO
Lembre-se de sempre fazer a limpeza com os equipamentos desligados e desplugados:
Teclado – Vire o teclado, sacuda e dê leves batidas para retirar a sujeira mais grossa que entra pelas frestas das teclas.

Com um pincel de cerdas moles e finas, retire a poeira por entre as teclas. Umedeça um cotonete e passe ao redor de todas as teclas, removendo a sujeira grudada ali. Deixe o teclado totalmente seco após a limpeza.



Tela – use um pano seco, de preferência uma flanela específica para a limpeza de eletrônicos, que você pode encontrar em lojas de informática e papelarias. Remova as sujeiras como poeiras e sinais de digitais, sem aplicar muita força. Se alguma mancha for mais difícil de sair, umedeça outro pano com água ou produtos específicos, mas lembre-se de não usar álcool.
Touchscreen – atualmente já existem flanelas específicas para limpar este tipo de superfície sensível ao toque. Elas podem ser encontradas em lojas de informática e equipamentos eletrônicos e limpam facilmente as manchas de digitais e gorduras da tela sem risco de riscar. Não use camisetas ou panos ásperos para limpar estes aparelhos.
Mouse – passe um pano úmido na parte externa do mouse para retirar sujeiras e poeira. Caso o mouse seja com bolinhas, abra o compartimento e retire com uma pinça a sujeira que se acumula nesse local.
Cabos - A limpeza dos cabos externos é a menos trabalhosa, pois basta umedecer um pano em água, passá-lo nos cabos e depois secá-los com um pano seco. 


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ola Amigos, deixe aqui seu comentario